Menu

Amamentação: benefícios e dificuldades

01/08/19

Você sabe o que significa amamentar? Você sabe quais são os benefícios do aleitamento materno para mãe e para o bebê? E o que mais você precisa saber sobre amamentação?

Amamentar é um ato de amor. Não é tão fácil quanto imprime a mídia mas não é tão impossível quanto posto pela sociedade. Na teoria, amamentar nada mais é do que a mãe ofertar o leite produzido, que desce pelos canais da mama até a aréola, para ser sugado pelo bebê.

Porém, para isso ocorrer é necessário um caminho que começa quando o bebê suga a mama e dois hormônios são liberados: a prolactina, responsável pela produção do leite, e a ocitocina (conhecida como hormônio do amor), responsável pela ejeção do leite pelos ductos, liberada com o estímulo de um simples toque da mãozinha ou da cabeça do bebê sobre a mama da mulher durante a amamentação (por isso a importância do contato mãe-bebê logo na sala de parto, quando possível).

Na prática, tem que adequar a forma como o bebê pega a mama para não machucar a mãe, encontrar uma posição confortável para amamentar (existem várias), deixar esvaziar uma mama para depois ofertar a outra, na outra mamada, colocar para arrotar ou deixar em pé por pelo menos 15 minutos.

Algumas complicações podem surgir:

Como fissura nas mamas, mastite (quando o leite empedra e, nesse caso, é importante aprender a fazer a massagem para aliviar a mama quando ela está produzindo muito leite), febre, dor (se algo sair do eixo), e nada disso vem predeterminado ou com manual de instrução, pode ou não acontecer, e pode ou não haver sucesso no processo.
Contudo, o ato de amamentar é altamente recomendado pela Organização Mundial de Saúde e o Ministério da Saúde, com extrema comprovação científica, para que seja realizado exclusivamente até os 6 meses e, se possível, mantido até pelo menos os 2 anos de idade ou mais, mesmo após a introdução dos demais alimentos, pois o leite materno contribui para o crescimento e o desenvolvimento intelectual, psicomotor e social da criança, e apresenta vantagens imunológicas, psicológicas e nutricionais. É um alimento completo, rico em água, gordura e vitaminas necessárias para suprir todas as necessidades do recém-nascido.

Além disso, a digestão e a aceitação do leite materno são mais fáceis, devido aos seus componentes serem de origem humana, e não causarem alergias e intolerâncias; é de graça e fica sempre disponível para saciar o bebê; pela sua proporção calórica adequada, o aleitamento materno reduz o risco de obesidade infantil; leva a uma considerável redução na mortalidade infantil por todas as causas. Aumenta o vínculo entre mãe e bebê (melhora o relacionamento e o entendimento entre os dois), diminuindo chances de depressão pós-parto e também é importante para a saúde da mulher, contribuindo para perda gradual do peso, involução uterina, proteção contra o câncer de mama, entre outros.

Curiosidades:

De acordo com estudos, é bom esclarecer que não existe leite fraco ou leite insuficiente, os seios não ficam flácidos por amamentar, o leite materno mata sim a sede do bebê, o bebê vai querer pegar o peito. Comprovadamente, isso tudo é uma questão de estímulo do bebê e da produção de leite, envolve questões emocionais, de hidratação materna, de boas práticas de massagem nas mamas, colocar o bebê com pega adequada para mamar, entre outras condições.

Por essas e outras razões, perante quaisquer dúvidas, complicações e dificuldades que as mamães encontrem durante o processo, é aconselhado que procurem orientação profissional, e que escolham amamentar e o realizem de forma prazerosa e satisfatória.

 

Fonte:http://bvsms.saude.gov.br/bvs/artigos/mundo_saude/amamentacao_conhecimento_praticas_gestantes.pdf http://www.scielo.br/pdf/csc/v16n5/a15v16n5.pdf
https://www.santacasasp.org.br/portal/site/pub/12736/cartilha-de-amamentacao

- As opiniões aqui expressas são as do autor e não refletem necessariamente as da Bunzl Saúde. A empresa não assume qualquer responsabilidade por erros nas informações aqui contidas, nem por qualquer dano que possa decorrer do uso delas ou da confiança nelas.


Avise-me quando chegar Nós vamos lhe informar quando o produto chegar em nosso estoque. Basta deixar seu email abaixo.
Email Nós não vamos compartilhar seu email com ninguém.